Translate

O que procura?

Adwords 1

Últimas Notícias

domingo, 20 de outubro de 2013

Silas Malafaia: Politicagem com os evangélicos do Rio

Revista Veja mostra disputa acirrada do PT ao governo do Rio pelo voto evangélico

Julio Severo
As campanhas eleitorais oficiais ainda nem começaram, mas os palanques para a disputa do governo do Rio já estão sendo armados dentro dos templos evangélicos, de acordo com a revista Veja, que diz também que “Todo fim de semana, o senador e pré-candidato do PT Lindbergh Farias, ex-comunista e católico não praticante, percorre o circuito completo da fé: assiste a cultos, abraça fiéis e se deixa fotografar com as mãos espalmadas em oração. Já apareceu em 63 igrejas.”
Normalmente, Lindbergh enfrentaria uma oposição ferrenha da população evangélica, pois seu partido, o PT, está na linha de frente na guerra contra a vida e a família, lutando ferozmente para aprovar o PLC 122 e outros projetos altamente nocivos para o Brasil.
Contudo, para acalmar as preocupações dos evangélicos e garantir a vitória do petista Lindbergh, o Pr. Silas Malafaia cedeu o Pr. Sóstenes Cavalcante, o principal responsável pelos eventos de seu ministério, para o gabinete de Lindbergh. Assim, se o público evangélico disser “O Lindbergh é do PT, partido das trevas!” o assessor pessoal de Silas, Pr. Sóstenes, estará bem próximo para tranquilizar a todos: “Calma, calma! Como representante de Malafaia, posso garantir que Lindbergh nos representa!”
Assessor de Malafaia é agora assessor de petista
Não foi esse mesmo discurso que ouvimos na eleição e reeleição de Lula em 2002 e 2006? Não foi Malafaia que tranquilizou a população evangélica sobre Lula? E o que o povo ganhou? Pesadas imposições de leis e medidas da cultura da morte. O que Malafaia ganhou em toda essa jogada? Só Deus sabe, mas o pouco que sabemos é que seu império financeiro cresce sem parar.
Nada tenho contra um cristão que ganha muito, contanto que ele invista muito no Reino de Deus, não no reino das trevas.
Lindbergh Farias conta agora com o apoio do pastor Silas Malafaia. No último dia 13, ele esteve, de acordo com a revista Veja, no culto da igreja Vitória em Cristo. Veja também acompanhou o evento, que teve presença do pastor Sóstenes Cavalcante, que agenda os eventos evangélicos para Lindbergh: “Vamos fazer uma oração grátis, 0800 para ele. Quem sabe estou orando pelo futuro governador”, disse Malafaia, para mil fiéis.
Em matéria de política, parece que Malafaia não quer aprender com seus graves pecados passados. Ele induziu o povo evangélico a votar em Lula duas vezes, e o que o Brasil ganhou? Um ferrenho rei Acabe pró-aborto e pró-homossexualismo. Ele também induziu o povo evangélico a votar em Sérgio Cabral, que se tornou o governador Acabe pró-aborto e pró-homossexualismo do Rio.
Malafaia quer vencer a cultura da morte apoiando seus promotores.
Quer orar pelos Acabes? O profeta Elias fazia isso.
Quer denunciar o sacrifício de bebês, homossexualismo sagrado e outros males dos Acabes? Elias fazia isso.
Quer induzir o povo de Deus a votar nos Acabes? Elias nunca fez isso.
Os cristãos do passado pagavam com a própria vida um bom testemunho.
Hoje, os cristãos modernos e “espertos” não querem perder oportunidades financeiras e políticas, e preferem ganhar a vida dando mau testemunho em politicagens.
Ore por Malafaia em seus devaneios políticos. Quando não há eleição, ele é um excelente defensor da família e combatente contra o aborto e a agenda gay. Mas quando há eleição, a tentação de apoiar os promotores desses males lhe é irresistível. Saibamos, pois, seguir seu bom exemplo sem cair em suas fraquezas e tentações.
Para ler a reportagem da Veja, que mostra politicagem de outros líderes evangélicos também, clique aqui.
Fonte: JULIO SEVERO

Nenhum comentário: