Translate

O que procura?

Adwords 1

Últimas Notícias

quarta-feira, 22 de maio de 2013

“Amor à Vida”: alavancando a agenda gay com a ajuda da audiência evangélica


Aos poucos a Globo vai alavancando a causa gay com a ajudinha da audiência cristã

No final de 2012 um grupo de evangélicos tiveram um encontro com executivos da Globo e lá suplicaram algumas coisas:  cobertura das Marchas Para Jesus e a exibição de uma novela com uma personagem evangélica.

Pronto! A Globo, DE IMEDIATO, atendeu.


Está cobrindo em seus telejornais as Marchas para Jesus e lança uma conversão à igreja evangélica de uma de suas  personagens na novela que estreia hoje (20/mai) – “Amor à Vida”.


Só que a Globo que é mais sagaz do que todos os que lá foram suplicar uma ajudinha à causa evangélica, sabendo que fisgará a audiẽncia da ‘crentaiada’ noveleira, todos querendo ver a conversão da piriguete, aproveitará para fazer apologia à causa gay: bissexualismo, adoção de crianças por ‘casais’ gay e ‘casamento’ gay. Tudo num pacote só.

Está mais do que claro que o objetivo de se ter uma personagem evangélica na novela é para ganhar a audiência dos evangélicos, fazendo com que a comunidade cristã alavanque imperceptivelmente a causa gay. Ou a Globo joga para perder.

É bom evidenciar que nos dias que antecederam à novela, a emissora não perdeu uma oportunidade sequer para EXPLORAR, ao MÁXIMO, o “Caso Feliciano” e a “prisão do pastor Marcos Pereira”.

Eles sabem que basta oferecer algumas ‘migalhinhas’ para que muitos evangélicos logo, logo esqueçam de seus atos  passados.


A Globo é mais sagaz do que se imagina. Muito mais.

Vejamos a parábola do sapo e do escorpião. A situação em que estamos é idêntica.

“Um escorpião se aproximou de um sapo que estava à beira de um rio.

E fez um pedido.

“Amigo Sapo, você poderia me levar ao outro lado do rio?”

O sapo respondeu:

“Nem pensar!

Não sou idiota!

Você vai me picar e eu vou morrer.”

O escorpião argumentou:

 “Isso não faz sentido.

Se eu agir dessa maneira nós dois vamos morrer!”

O sapo pensou e acabou concordando com a lógica apresentada.

Assim, com o escorpião nas costas, começou a atravessar as águas.

No meio do rio o escorpião cravou seu ferrão no sapo.

Atingido pelo veneno, já chegando à margem do rio, moribundo, o sapo voltou-se para o escorpião e perguntou:

“Por que?”

O companheiro disparou.

“Porque eu sou um escorpião e essa é a minha natureza!”.

Certamente o escorpião pulou em um galho próximo à margem e se salvou, enquanto o pobre sapo se afundava, envenenado, a caminho da morte”.


Para não perder a audiência e não morrer afogada no rio da concorrência e diante do aumento do número de evangélicos no Brasil, a Globo está agindo como escorpião, pedindo ao sapo (telespectadores evangélicos, numa linguagem figurada) que lhe ajudem.

Resta saber qual será a hora da picada fatal.

Fonte: HolofoteNET

Nenhum comentário: