Translate

O que procura?

Adwords 1

Últimas Notícias

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

O pregador do coletivo

Quando Jesus Cristo comissionou seus apóstolos a ir e pregar o evangelho a toda à criatura e ao saber que hoje fomos tocados por essa missão, ao aceitar esse Jesus como meu Senhor e Salvador (ver meu testemunho completo aqui) essa chama missionária estava acesa em minha mente. Lembro-me da primeira vez que entrei em um ônibus vindo da igreja como um recém convertido, aquela voz disse: vai, prega!Receoso, com um pouco de medo e o coração batendo como um despertador, levantei, fui a frente, perto do motorista, saudei aos passageiros com um bom dia e disse:


- Queridos, vocês não me conhecem e eu não conheço vocês, eu não queria estar aqui, mas creio que existe um propósito no que eu vou falar.... você poderá estar se sentindo muito feliz neste ônibus ou muito triste, mas não importa, quero dizer a vocês que Jesus Cristo ama a cada um de vocês, fiquem com Deus.
Me sentei, um silêncio e algumas cabeças balançando positivamente para o que eu acabara de falar.
As coisas da vida são engraçadas. Mal podia me lembrar do meu passado, quando aos 17 anos, eu, dentro de um ônibus, indo para uma festa no Maranguape Clube, receberia o segundo chamado (o primeiro foi aos 13) dentro deste ônibus. Um pastor, sua esposa e seus filhos entraram no coletivo e o pastor com a Bíblia na mão, como que falando para mim diz:
- Jesus te conhece, te chamou e vai continuar te chamando!
Feito um louco, entrei em um tipo de possessão, não recebendo a palavra, cantei para o pastor e quem tivesse no ônibus em alto e bom tom, inclusive com direito ao toque e melodia da guitarra com a boca, a célebre música do Raul Seixas "o diabo é o pai do rock".Eu odiava crente, dizia que todo crente era louco, que todo crente era bôbo, que dava dinheiro para o pastor, que todo crente era fanático.
Já fazem dois anos que faço este trabalho nos ônibus, nos coletivos, e o Deus que transforma maldição em benção me faz hoje, aos 41 anos de idade, mas um louco, e o que aquele pastor fazia, hoje faço, porém como um louco com outro estilo de vida, outra mentalidade e com a certeza desta palavra:
"Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus. Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que crêem por meio da loucura da pregação. Porque a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte que a força do homem. Porque, vejam, irmãos, a sua vocação, pois não são muitos os sábios segundo os padrões humanos, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes.Ele escolheu as coisas insignificantes do mundo, as desprezadas e as que nada são, para reduzir a nada as que são,para que ninguém se vanglorie diante dele. (1 Coríntios 1:18,21,25,26,27,29)

 Jesus te ama!

Com amor, 

Paulo César Cândido

Nenhum comentário: