Translate

O que procura?

Adwords 1

Últimas Notícias

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

COMUNICADO À IGREJA BRASILEIRA, por Thiago Lima Barros

Thiago Lima Barros responde a sociedade e a igreja brasileira sobre artigo http://www.portalcristaonews.com.br/2011/08/julio-severo-ou-thiago-lima-barros.html

OBSERVAÇÃO DO PORTAL CRISTÃO NEWS:

Nosso objetivo aqui não é simplesmente repostar o texto de Thiago para endossar o que ele vem escrevendo sobre Júlio Severo e sim no intuito de dar-lhe direito de resposta.Jesus disse: não há nada encoberto que não se descubra com o tempo e nem coisa escondida que não se saiba, as coisas que dissermos nas trevas à luz serão vistas, ficamos com a luz, o caminho e a verdade de Cristo.


SEGUE O QUE THIAGO ESCREVEU:


12/08/2011


Na tarde de ontem, tive o prazer de conversar com o Pr. Euder Faber Guedes Ferreira, presidente da Visão Nacional para a Consciência Cristã (VINACC), a fim de fazer os necessários esclarecimentos sobre a menção a esta prestigiosa instituição que faço no ensaio “Julio Severo, um lobo em pele de cordeiro”, de minha autoria. Na conversa, de tom bastante amigável, expliquei ao estimado conservo o que abaixo se segue:


1) As fontes por mim consultadas, em que pese me terem passado informações fidedignas, acabaram misturando os fatos, o que transpareceu no texto inicialmente publicado, motivo pelo qual as mesmas se desculparam comigo, ajudando-me a corrigir esse ponto específico, antes mesmo que a nota da VINACC fosse publicada. As difamações e injúrias dirigidas por Severo contra o Pastor Renato Vargens e o Reverendo Antônio Carlos Costa, palestrantes habituais no Encontro Nacional para a Consciência Cristã, se deram entre o ano passado e este ano, ao passo que a última participação de Severo no citado evento se deu em 2009;

2) De fato, embora não haja liame direto entre as ofensas assacadas por Severo contra os palestrantes acima mencionados e a sua ausência no evento em tela após 2009, o mesmo jamais poderá negar os absurdos que dirigiu contra os diligentes pastores Renato e Antônio Carlos, posto que os mesmos foram publicados em seu blog, ao qual dirijo os interessados para eventual consulta;

http://juliosevero.blogspot.com/2011/06/genizah-ultimato-e-rio-de-paz-aliancas.html
http://juliosevero.blogspot.com/2011/06/marcha-para-jesus-atrai-5-milhoes-de.html


3) Louvo a diligência da VINACC em esclarecer os fatos como eles realmente aconteceram, o que, na realidade, só me ajuda na busca pela verdade real. Por outro lado, a ênfase dada por Severo a um ato falho tão pequeno só pode ser entendida como tática diversionista, de quem quer criar uma cortina de fumaça em torno do real centro do debate, que é levar os servos de Deus a refletir sobre a forma e o conteúdo corretos da defesa da fé;

4) O Pr. Euder me admoestou sobre a necessidade de centrar a refutação a Julio Severo no campo teológico, deixando de lado informações pessoais atinentes ao mesmo. Recebendo tal conselho com serenidade, expliquei que os fatos de que tinha conhecimento, os quais não apenas eu, mas outras testemunhas dignas de crédito, têm sua veracidade facilmente confirmada, e precisavam vir a lume para desmontar as versões fantasiosas vendidas por Severo à igreja. Deixei claro, ainda que quaisquer mal-entendidos, normais em se tratando de informações de caráter verbal, serão imediatamente corrigidos, de forma a aperfeiçoar ainda mais o trabalho que o Senhor me deu a oportunidade de produzir;

Por fim, afirmo que tanto o tom hidrófobo adotado por Severo e por Olavo de Carvalho em suas respostas, e pelos sequazes de ambos nos comentários ao texto, inclusive com ameaças à minha integridade física (as quais, já adianto, não levo a sério, embora gostando muito de saber se Severo e Olavo as avalizam), como as ofensas que me dirigem, acusando-me de usuário de drogas e ironizando meu sobrenome, apenas me dão a convicção de que estou no caminho certo, mesmo cometendo um ou outro erro de menor monta. Sábio foi aquele que disse que o caráter de um homem se mede pelo jaez dos inimigos que ele tem. Por isso mesmo, não arredarei pé: continuarei a denunciar não apenas o extremismo de Severo, mas, indistintamente, tudo aquilo que seja incompatível com a mensagem firme e amorosa do Deus da Palavra e da Palavra de Deus, ad majorem Dei gloriam.

Sou Barros, sim, mas nas mãos do Oleiro!

Graça e Paz a todos, em Cristo.

Nenhum comentário: