Translate

O que procura?

Adwords 1

Últimas Notícias

sábado, 21 de maio de 2011

Extremistas muçulmanos interrompem culto cristão em frente a policiais

Fonte:Portas Abertas - Cristãos Indonésios em oração
Grupos de extremistas islâmicos interromperam cultos em comemoração à Páscoa,  realizados na cidade de Cirebon, Indonésia. De acordo com Hendardi, presidente de uma instituição que luta pelos direitos humanos, policiais estavam presentes no momento em que ocorreu o ataque, mas não fizeram nada para impedir a ação dos grupos radicais que atrapalhavam a reunião na igreja.

Na Indonésia, católicos e protestantes, tradicionalmente, organizam celebrações durante a época da Páscoa, incluindo atividades durante a semana até o principal dia da festa. O objetivo de tudo isso é fortalecer mais os laços de amizade dentro da comunidade.


O grupo de 20 extremistas, porém, liderados por Andy Mulya, destruiu os locais onde dois grupos, um católico e outro protestante, se reuniam para fazer seus cultos. Os participantes tentaram resistir, dizendo que tinham as permissões legais das autoridades para a realização das atividades nos locais.


No entanto, a polícia não fez nada para impedir a ação do grupo, que atrapalhou a reunião. De acordo com a lei na Indonésia, a polícia deve autorizar e estar presente, caso ocorram eventos em praças públicas.


Na Indonésia, a falta de eficiência por parte do trabalho da polícia e a omissão do governo estão minando cada vez mais a liberdade religiosa. Para Hendardi, as autoridades deveriam “parar de fazer boas promessas e tomar alguma atitude”.


Cirebon, cidade onde ocorreu o ataque às igrejas, é a região que tem maior população muçulmana do país, considerada “cidade dos estudantes islâmicos”. A cidade também é o local onde moram muitos líderes de uma linha extremamente ortodoxa do islamismo. Recentemente a região foi o centro de muitos ataques e violência, incluindo violência contra bases policiais.

Tradução: Lucas Gregório 


Fonte: Ministério Portas Abertas
Divulgação: Portal Cristão News

Nenhum comentário: